Porto, 2012

A Ágata e a Cândida apaixonaram-se por um misterioso logradouro que descobriram no interior de um quarteirão do Centro Histórico do Porto. Um logradouro de dimensões apreciáveis que se desenvolve em plataformas no esforço de acompanhar o acentuado relevo da Invicta. Apaixonadas, compraram o logradouro e a pequena casa correspondente. Uma casa com três pisos de 3,5x12m onde deveríamos criar dois lofts e uma galeria de arte.
O interior foi limpo de todas as divisórias, procurando a máxima amplitude e luz possível. De um lado, um móvel único alberga elevador, cozinha, sofá, armário, chuveiro. Do outro lado, uma cortina oculta o sanitário e possibilita diferentes formas de dividir o espaço. Tudo se abre para o logradouro. E é pelo logradouro que se fazem agora os acessos a todos os espaços: as suas plataformas permitem a ligação aos diferentes pisos da casa.

Dono de Obra: Cândida e Ágata
Coordenação: SWark
Arquitectura: CdA (Nuno Travasso+João Silva+Margarida Leitão+Sofia Granjo)
Engenharias: NCREP | GEPECTrofa
Empreiteiro: CS Construtora